Ir para o conteúdo

Ir para conteúdo do site
Prefeitura Municipal de Arraial do Cabo - RJ
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
16
16 JAN 2023
Projeto de reaproveitamento do lodo de tratamento de esgoto é inaugurado em Arraial do Cabo.
enviar para um amigo
receba notícias
Nesta segunda-feira (16) aconteceu o lançamento do Projeto Retransformar, uma Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR), que com uma tecnologia inovadora e sustentável, transforma o lodo resultante do tratamento de esgoto doméstico, em uma substância que pode ser tratada e reutilizada como gás biocombustível ou em um tipo de carvão vegetal, chamado biochar. O evento aconteceu na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Arraial do Cabo.

Os testes do projeto de tratamento de lodo por ‘pirólise lenta à tambor rotativo’, acontecem na unidade operacional da Prolagos, financiada pela Águas do Rio e Secretária Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com Agenersa, Universidade Federal Fluminense (UFF) e Prefeitura de Arraial do Cabo.

No Brasil, existem muitas formas de tratamento e reaproveitamento do lodo, mas dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE - 2017) indicam que menos de 5% do lodo sanitário é reaproveitado, a maioria é aplicado como compostagem, na incineração e outras formas de gaseificação. 

A unidade terá capacidade para tratar todo o lodo produzido na ETE, ou seja, cerca de 2 toneladas por dia e o projeto terá duração de 3 anos. O gás produzido é filtrado e enviado para queimadores e para geração de energia. Uma parcela do gás retorna para alimentar o processo e com isso, não são produzidos gases poluentes ou tóxicos. 

“Os testes que serão realizados produzirão resultados inovadores no país. Iremos analisar quais são as melhores formas de reaproveitamento do lodo e quais terão melhor custo x benefício, impactando não só empresas voltadas para o saneamento, como também outras indústrias. Também iremos estudar formas de aumentar a capacidade da planta para atendermos estações de tratamento ainda maiores", explica Rodolfo Cardoso, doutor em Engenharia de Produção, da Universidade Federal Fluminense, responsável pelo projeto.

O lançamento contou com a presença do Prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno; do Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro, Dr Serginho; do Secretário de Meio Ambiente e Saneamento cabista, Jorge Oliveira; do Diretor-Presidente da Prolagos, Pedro Freitas; do Presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini; do Vice-Reitor da UFF, Fábio Passos e do Vice-Presidente da Agenersa, Vladimir Macedo.
Fonte: ASCOM
Autor: ASCOM
Local: Arraial do Cabo
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia